Água de bebida limpa

Água e custos de produção em suínos

Tempo de leitura: 1 minuto

ÁGUA – IMPORTÂNCIA
A água de bebida representa cerca de 70% do volume total ingerido pelos suínos durante o dia, e influencia diretamente a ingestão dos alimentos (que compõem os demais 30%). Há uma relação direta entre consumo de água e consumo de ração. Quando a qualidade da água está comprometida, a sua palatabilidade é alterada, o odor, e há maior contaminação intestinal do animal por microrganismos patogênicos. Isso tende a reduzir a conversão alimentar, o ganho de peso, e aumentar ocorrência de diarréias, elevando os custos de produção.

ÁGUA – CUSTOS
Quando falamos de custos, 70% dos CUSTOS de produção de um animal advém da nutrição, e não é a toa que são feitos esforços de manejo para que o aproveitamento dessa ração seja otimizado. Enquanto isso, os tratamentos com água de bebida representam proporcionalmente 1% ou menos dos custos totais de produção, isso reforça a importância vital de usar esse recurso tão barato e tão influente na produção, da forma correta. Embora seja um recurso “barato”, a água pode ter um impacto desastroso no aproveitamento da ração, na eficiência da cobertura vacinal, na ocorrência de diarréias, na conversão alimentar, e pode gerar gastos desnecessários com medicamentos. Oferecer uma água de má qualidade significa simplesmente colocar em risco (diga-se de passagem, por muito pouco!) todos os investimentos feitos em nutrição e genética, afinal de contas, o verdadeiro fator que vai impulsionar o consumo de ração e seu aproveitamente será justamente esse nutriente “esquecido” : a ÁGUA!

Quer saber mais sobre esse tema? Fale com a nossa equipe e informe-se! Quer mais uma fonte de leitura sobre o assunto? Acesse o folheto informativo da Embrapa.

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *